[Resenha] O Atlas Esmeralda - John Stephens


Avaliação: 4/5
Há dez anos, numa noite de inverno, os irmãos Kate, Michael e Emma foram tirados de suas camas às pressas, perseguidos por criaturas estranhas e levados para longe de seus pais, os quais nunca mais viram. Desde então, os três passaram todo esse tempo vivendo em vários orfanatos sem saber o que de fato aconteceu naquela noite. Kate, a mais velha, é a única que tem lembranças dos pais, a quem jurou proteger seus irmãos a todo custo até que a família estivesse reunida novamente; Michael, o do meio, adora o mundo dos livros e histórias de magia e é sempre alvo de implicância dos garotos mais velhos; e Emma, a mais nova, é uma verdadeira encrenqueira, mas de grande coração. Quando chegam a uma mansão abandonada, os irmãos encontram um atlas encantado que os faz viajar no tempo e os leva para uma terra habitada por gigantes, anões, lobos famintos, crianças prisioneiras e uma condessa que é a fonte de todo o Mal. Assim, as crianças que apenas buscavam o paradeiro de seus pais acabam tendo que salvar o mundo.
Poderia eu perder um livro desses por R$9,90 no Submarino? Claro que não! E valeu à pena? Sim, sim, valeu! Descubramos por que na minha resenha.

Kate, Michael e Emma P. Sim, apenas P. O por que? Eles não sabem. Há 10 anos, os três irmãos foram abandonados por um motivo desconhecido, e sua mãe pediu à Kate, a mais velha, que cuidasse de seus irmãos mais novos e prometeu que um dia sua família estaria novamente reunida. Passando de orfanato em orfanato, eles sempre nutriram a esperança de rever seus pais algum dia, por isso não gostavam de serem considerados "órfãos". Ao serem expulsos de outro orfanato, os irmãos vão parar na misteriosa Cambridge Falls, a estranha e tristonha cidade sem crianças. E ao fazerem uma descoberta, suas vidas irão dar uma imensa reviravolta.

Três irmãos, uma menina mais velha, um menino do meio, e uma pequena mais nova. Órfãos. Tudo bem que Emma não é tão novinha assim, mas foi inevitável não me lembrar de Desventuras em Série, com os três irmãos das histórias de Lemony Snicket. Nesse ponto eles são semelhantes, mas se os livros de Snicket conseguirem ser tão legais quanto o de John, acho que irei gostar das histórias.

Eu gosto de fantasia. Gosto de mundos e criaturas imaginárias. Ao começar o livro, pensei que ele tivesse uma pegada mais aventura, mas ao ver que era uma fantasia - um pouco sombria, eu diria - me alegrei. A narrativa de John é fluida e com momentos de tirar o fôlego enquanto nos conta a história das crianças. Em alguns momentos tive dificuldade de me situar nas descrições - sabe quando um autor vai descrever um lugar e você não consegue imaginar bem? Pois é -, mas quando conseguia, tudo estava em seu devido lugar. Se um personagem deveria sentir conforto e aconchego, ele encaixa os elementos na trama de forma que você percebesse tal sensação.

Quanto aos personagens, Emma e Michael claramente são os que mais têm personalidade. Emma é corajosa, e Michael é o "sabichão". Agora, Kate... É outra história. Ela foi como a "principal" do livro, mas não havia nada de relevante em sua personalidade, a não ser o fato de ter que carregar a tarefa de cuidar de seus irmãos, mesmo ela sendo apenas uma jovem.

Um dos problemas que tive com o livro foi a época (e o tempo, literamente. Lendo vocês entenderão) que a história se passa. Pelo fato das crianças usarem calça na capa, parece ser algo mais atual, mas mesmo assim senti uma dificuldade. Defeitos e qualidades à parte, O Atlas Esmeralda foi uma leitura agradável de duas madrugadas, e aguardo a sua continuação. Espero que tenha uma diagramação e arte tão boas quanto as do primeiro.

Espero que tenham gostado da resenha! Não deixem de comentar :)

Informações sobre o livro
Título: O Atlas Esmeralda
Autor: John Stephens
Editora: Suma de Letras
Páginas: 296




14 comentários:

  1. Oi Clara!
    Eu também adorei esse livro, achei a história bem convincente e emocionante. Simplesmente amei os três irmãos!
    Adorei a sua resenha!

    Beijos
    Livros e blablablá

    ResponderExcluir
  2. Eu não conhecia esse livro, flor.
    Mas adorei a temática, e tua resenha tá expondo bem o que teu ponto de vista.
    Gostei, beijos.

    paixaoliteraria.com

    ResponderExcluir
  3. Estou louco para ler esse livro parece ser ótimo, também paguei 9,90 nele mas foi na BIENAL DO LIVO ^^

    Beijos.
    Guilherme.
    http://umcompulsivoleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Me lembrou mesmo Desventuras em série o enredo do livro '-' Mas espero que tenha finais felizes, diferente do outro. rs É uma série?! Tô fugindo de séries novas pra tentar ler outras que tenho pendente. rs Mas me interessei pelo livro *O*

    Beijos
    http://mon-autre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. A premissa é bem interessante! Talvez seja um livro Steampunk, por ter essa "falha temporal". Enfim, super recomendo Desventuras em série! Apesar de ser um livro infanto-juvenil, possui sutilezas que só gente mais velha entende mesmo.

    ResponderExcluir
  6. Nossa Clarinha promoção no Sub é difícil deixar passar né? E ainda bem que o livro valeu a pena.
    A capa nos deixa uma sensação de ser um livro bem teen, mas pela sua resenha vi que ele é bem mais interessante do que aparenta. Vou anotar aqui pra quem sabe ler futuramente.
    Bjokas flor.

    www.lerepensar.com

    ResponderExcluir
  7. Olá! Vi seu blog lá no Livros e Blá, Blá, Blá e vim aqui conferir. Gostei muito. Gostei também da sua resenha, parece uma aventura muito legal, os pontos que você citou me deixaram curiosas. Já estou te seguindo e te convido a visitar o meu e se gostar segui-lo também.

    Beijos

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

© Incantevole, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena